domingo, 4 de dezembro de 2016

DZKYIN - Um Trabalho Sobre Enfermagem (NCP053)


"DZKYIN" (ou Dezekyin) é um produtor da área Hardcore e Dark Ambient brasileiro que costuma usar uma  variedade de tema com bastante criatividade para compor suas faixas.
No EP "Um Trabalho Sobre Enfermagem" foi utilizado do áudio de uma aula gravada por sua própria mãe na época que cursava Técnico em Enfermagem, adicionado de alguns sintetizadores distorcidos e super-saturados com o objetivo de causar uma leve Cefaleia no ouvinte (Vide "Termos Técnicos de Saúde" para mais informações). Aprecie o ruído e aproveite a barulhera!"



01. DZKYIN - Começe A Apresentar

02. DZKYIN - Bom Trabalho!

03. DZKYIN - Alguém Tem Alguma Dúvida

04. DZKYIN - Um Exemplo Cotidiano

05. DZKYIN - Considerações Finais





terça-feira, 29 de novembro de 2016

Observatório Animado: O Homem que Plantava Árvores



O filme, baseado num belíssimo conto do francês Jean Giono, de 1953, foi realizado por Frédéric Back, considerado por muitos um gênio da arte e da animação. Conta a estória de Elzeard Bouffier, um pastor de ovelhas que durante anos cultivou uma floresta esplendorosa numa área desértica da França. O conto é narrado por um jovem viajante (o esplêndido Philippe Noiret, no áudio francês), que um dia encontra este homem nas suas viagens e acompanha a mudança na paisagem no decorrer dos anos. A beleza calma da paisagem contrasta com a fúria das duas Grandes Guerras que o narrador assiste e o feito notável do pastor oferece um olhar do poder inspirador da natureza e da esperança, que podem emergir no mais improvável dos lugares.

DireçãoFrédéric Back
Roteiro: Jean Giono (história)

OSCAR® 1988 – Melhor filme curto de animação 
ANNECY 1987 (Festival Internacional do Cinema de Animação) – Grande Prêmio e Prémio do Público, , Annecy, França, 1987.
Festival Internacional de Animação de Hiroshima 1987 – Grande Prêmio 
Festival Internacional de Ottawa 1988 – Grande Prêmio

Fonte: http://youtu.be/Klx8UBMRrMA

* Se você quiser que sua animação seja divulgada no nosso Observatório, mande um email para nacaraecoragem@yahoo.com.br

terça-feira, 22 de novembro de 2016

LX (Teorema Final)

É tão complexo um teorema sobre nós
Fazemos tantas confusões
Pare de acreditar no perfeito
Deixe os pensamentos evaporarem
E a última máscara cair.


(Fábio Guadalupe – Teorema Menor)

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Role-x Ant Baile (Poema de Tiago Malta)


Maninho vamos dar um rolê
Viajar por aí
Esqueça o que tá rolando
Que tem bala perdida se encontrando com o destino
E gente se estranhando por partidos.

Vamos pegar o busão:
Do 828, para o 854, ir de 175 pra voltar de 397
Conexão Big field, Barra, Lapa, Brasil
Viajando na banheira
Não acredito em polícia e nem em religião
Tem caipirinha e acarajé pra jogar de avanço.

Eu tenho até uma banda
Conheço alguns poetas
Perdi minha história pra poder me achar  no Rio
Essa arma na testa é uma ilusão
Mas o medo existe e sufoca.

Você já percebeu que está vivo?
Eu só queria partir!
Roubar umas cenas
Tem nego tentando se impor
Mas caridade por atenção não vai te salvar.

Por isso só estou de passagem
Fitando as fitas coloridas no cabelo das garotas
Que fazem a diferença num dia cinza.
E antes que eu me esqueça
Deixo  aqui este aviso
Só vai ter o que mereça
Quem cuidar do próprio siso.

(Tiago Malta - Sétimo Caderno da Sabedoria)

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Observatório Animado: Espantalho




Segundo curta-metragem de Alê Abreu (De 1998). O filme mistura fotos e animação para contar a história de uma menina apaixonada por um espantalho e sua estreita relação com uma senhora que a observa em silêncio.
As fotografias foram realizadas por Priscila Prade no sul de Minas Gerais, nas proximidades de Alfenas, e receberam os desenhos feitos em papel e colorizados digitalmente numa das primeiras experiências brasileiras desta técnica.


Curiosidade: Essa animação virou um vídeo-clipe. O curta foi reeditado pelo Ale, acompanhando a música "Não me deixe só", de Vanessa da Mata. Clique AQUI para assisitir. 

Ficha Técnica

Produção, Roteiro,Direção De Arte e Animação: Alê Abreu
Fotografia: Priscila Prade
Som Direto: Luiz Adelmo
Trilha original: Marcos Romera
Montagem: Nathalia Rabkzuc
Direção Musical: Ricardo Ivanov
Intervalação: Daniel Pudles

Prêmios

Melhor Animação no Festival de Cinema do Recife em 1998
Melhor Animação - Júri Popular no Festival de Cinema do Recife em 1998
Melhor Direção de Arte no Brazilian Film Festival of Miami em 1999
Melhor Filme - Júri Popular no Mostra do Audiovisual Paulista em 1999
Melhor Filme Nacional - RJ no Anima Mundi em 1998
Melhor Filme Nacional - SP no Anima Mundi em 1998
Menção Honrosa pela Técnica de Animação no Festival de Cinema de Cuiabá em 1998
Prêmio aquisição Canal Brasil no Festival Internacional de Curtas de São Paulo em 1998
Prêmio do Júri Popular no Festival Internacional de Curtas de São Paulo em 1998

Fonte: http://youtu.be/5emiNDjMZT4

* Se você quiser que sua animação seja divulgada no nosso Observatório, mande um email para nacaraecoragem@yahoo.com.br

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Versinhos que meu Brother Kurt Lewin queria ter esculpido (ou será que psicografei o próprio?)


Onde começa a física?
Onde começa a química?
Se tudo que percebo ou é física ou é química?
E a ecologia?
Mesmo em um prédio mal projetado e uma velha cidade sem uma árvore à vista
Ali, tem um sistema ecológico.


Psicologia, Psicologia!
Não seja o meu guia
Nem a minha vida.
Eu vou sentir.
Eu vou perceber.
Eu vou tocar.


Quando até penso em não pensar
(Percebo)
Droga, estou pensando
E e nem por um verso no mundo
Eu vou limitar meu corpo imundo.

(Tiago Malta, 20 de Setembro de 2010 -Cantinho do poeta Feliz, volume 2)

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Observatório Animado: Dizem por aí: A Pisadeira


Observatório Animado: Dizem por aí: A Pisadeira


Sinopse: Tarde da noite. Um menino guloso come muito antes de se deitar.  Em seu pesadelo recebe a visita da Pisadeira. O menino sofre e se contorce com os pulos do ser lendário até que sua mãe abre a porta do quarto

Fotografia: Cícero Bezerra Diretor: Ricardo Carneiro
Montagem: Adriana Mota 
Música: Matheus Balieiro Bin. 
Produção: Adriana Mota, Ricardo Carneiro 
Roteiro: Luiz Mir 

Ano: 2008     

Fontehttp://youtu.be/5ODEWVy3w3Y